domingo, 23 de janeiro de 2011

E ELE FEZ A SAUDADE

E ELE FEZ A SAUDADE
                   Marina Tricânico (São Paulo – SP)
Sou o luar! A noite é minha amiga
e me acolhe feliz, em seu regaço.
Minha existência é longa, é tão antiga,
que há milênios caminho pelo espaço.

Dos céus à terra sou prateado laço,
sou elo que ilumina e que mitiga
a sede de ternura, e quando passo
a minha luz é prece, é paz, cantiga...

Falo a linguagem da fraternidade,
e viajante das noites, pelo mundo,
amo a flor, a amplidão, a humanidade!

Mensageiro do Amor, da divindade,
sou o rei milionário, vagabundo,
que fez o sonhador, fez a saudade...

(Anuário de Poetas do Brasil, 1° volume, página 295, organização de Aparício Fernandes,RJ)

Nenhum comentário: