domingo, 25 de junho de 2017

MAIS TROVAS DO FILEMON


MAIS TROVAS DO FILEMON


Quantas noites, meu amor,
olhando, no céu, a lua,
eu me sinto um trovador
pensando na imagem tua.
26
Quem conversa sem saber,
querendo ser sabichão,
cuide, que vai receber
severa repreensão.
27
Que o teu futuro, criança,
seja de luz e esplendor,
vislumbre de confiança
no mundo do desamor.
28
Segue uma estrada florida
quem, na verdade, tiver
a glória de ter, na vida,
um coração de MULHER!


sábado, 24 de junho de 2017

TROVAS DO FILEMON


TROVAS DO FILEMON



Nenhum poema é mais belo
e inspira tanta esperança
do que um sorriso singelo
no rosto de uma criança.
22
No livro da NATUREZA
as lições são sem iguais.
Tenho, por isto, certeza
que é onde se aprende mais.
23
No meu balaio carrego
sonhos de amor e venturas,
mas muitos sonhos, não nego,
se tornaram desventuras.
24
No teu sorriso, criança,
vejo o mais belo perfil,
porque tu és a esperança
do futuro do Brasil.


sexta-feira, 23 de junho de 2017

JUDAS MODERNO

JUDAS MODERNO 


Tu que habitas palácios decantados, 
amante da aparência e do dinheiro. 
Os teus castelos ricos, chumaçados, 
nada serão no dia... derradeiro. 

Tens riquezas e carros importados, 
- contas bancárias pelo mundo inteiro, 
- trabalhadores pobres, explorados, 
tudo para chegares em primeiro... 

Esqueceste do exemplo verdadeiro, 
quando morreu o pobre carpinteiro, 
pregado ao lenho de uma rude cruz. 

Queres poder, és Judas do presente 
vendendo o que aparece pela frente, 
traindo, uma vez mais, Cristo Jesus! 





quinta-feira, 22 de junho de 2017

O BRASIL DAS QUADRILHAS

O BRASIL DAS QUADRILHAS

Que maravilha! Agora podemos escolher qual quadrilha vai nos governar. Pode ser PT, PMDB ou quem sabe, PSDB. Podemos até fazer uma junção das três maiores quadrilhas para nos governar. E tudo sob os olhos complacentes dos Tribunais Superiores, que exigem provas. Se as provas são apresentadas sobejamente e atingem os chefes, elas perdem o seu valor de imediato, sob alegação de que foram forjadas, provocadas ou sei lá o quê.

Fico imaginando as famílias destes maus brasileiros: esposas, filhos, netos, parentes e aderentes, será que também são coniventes com tantas falcatruas? Será que dormem tranquilos? Será que eles têm consciência de que o que falta na saúde, na educação, na segurança, no sucateamento do transporte público, na previdência social, na falta de empregos, tudo, tudo foi roubado por eles? E que dizer dos funcionários públicos, aposentados e pensionistas do Estado do Rio de Janeiro que estão sem receber seus salários de março/abril e 13º de 2016? Ora, sem salário, sem saúde, sem educação, sem trabalho e sem segurança é impossível a população obter o seu espaço, crescer, produzir e colher os frutos do seu trabalho. Aliás, uma grande parte do povo não tem sequer um emprego para garantir sua sobrevivência e de sua família. E ainda assim os larápios de colarinho branco não dão trégua. Pobre Brasil! 

terça-feira, 20 de junho de 2017

MAIS TROVAS DO FILEMON


TROVAS DO FILEMON


Gosto da vida pacata,
homens simples dos sertões,
pois vejo usando gravata
por aqui muitos ladrões.
18
Meu peito canta, sorrindo,
ao ver o clarão do dia,
enquanto a noite fugindo
deixa rastros de alegria.
19
Minha mãe – como eu quisera
do meu amor dar-te prova,
e o meu carinho – pudera
enviar-te numa TROVA.
20
Não julgue pela aparência,
não condene sem saber;
às vezes com paciência
algo bom temos de ver.


domingo, 18 de junho de 2017

TROVAS DO FILEMON


TROVAS DO FILEMON


Do fruto vem a esperança,
depois da bonita flor.
Assim também a criança,
depois de um florido amor.
14
É Natal! Nossa Esperança
de ser bom, fazer o bem,
nasce com aquela criança
na manjedoura em Belém.
15
Eu sinto nos braços teus,
um carinho, um aconchego,
e me torno um semideus
vivendo em paz, no sossego.
16
Falando de amor, Maria,
que saudades sinto agora
daquela doce alegria
que em teus olhos vi outrora.


sábado, 17 de junho de 2017

TROVAS DO FILEMON

TROVAS DO FILEMON


Criança, teu riso é tudo,
traz um brilhante porvir,
se amparada com estudo,
o mundo volta a sorrir.
10
“Das coisas belas da vida”
que colhi, em profusão,
eis a mais nobre e querida:
em cada TROVA um irmão!
11
Da vida não quero a glória
que tanto engana e seduz.
Prefiro não ter história
a renunciar minha cruz.
12
De manhã, sinto o perfume
das flores no meu jardim,
e um beija-flor – que ciúme,
chegou bem antes de mim.
13