sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

JARDIM

JARDIM
                           Humberto Del Maestro
Gostaria de ser dono de um sorriso de lírio
para que pudesse me comparar à tua boca de fada.
Ficaria feliz em possuir um hálito de rosas
para exalar aromas amenos como as tuas palavras.
Sentir-me-ia ditoso em possuir mãos aveludadas
como avencas, tinhorões e asplênios,
para competir com a delicadeza de teu corpo de musa.
Entraria em êxtase se pudesse ser um jardim
como tu és.

(Do livro MONÓLOGOS ÍNTIMOS E ALGUNS SONETOS, página 59)

Nenhum comentário: