domingo, 6 de fevereiro de 2011

ETERNIDADE...

E T E R N I D A D E...

            Veronica de Nazareth-Noic@

Amanhece.
Na esquina dos sonhos,
o aceno do tempo.
Parado...
Meditativo, revê a vida.
Puxa a ponta do fio
e o nó se desfaz.
Agora,
é linha única,
uma reta que
foi tão sinuosa,
cheia de curvas.
Não há mais mistério.
Somente luz e brilho,
para tanta paz
e todas as certezas.
O mais profundo olhar
sobre os sentires todos,
que esvanecem.
E nem foi só a travessia,
apenas um ponto-parada,
onde
um instante
é a
Eternidade...


(Do site
www.prefacio.net)

Um comentário:

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Filemon - Amigo Querido...Companheiro das
Emoções e das Letras:
obrigada, muito obrigada por este carinho!
Se trouxeste para o teu blog, é porque gos-
taste desse "meu pedaço d'alma".Fico Feliz!
Sempre obrigada.
Beijo de Luz, com carinho.
*Bom que "descobri" este teu blog,que não
sabia da existência...*