segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

TROVAS

TROVAS

Vendo os sonhos em pedaços,
faço-me, ainda, de forte,
e rio, como os palhaços,
da minha falta de sorte!
       Maria Thereza Cavalheiro
Na minha vida pacata
que levo desde menino,
tenho sido um acrobata
no circo do meu destino.
       Filemon F. Martins
Por detrás de sua farsa,
quantas lágrimas contidas!
Mas o palhaço disfarça
a tristeza de outras vidas.
       Amaryllis Schloenbach
A criança, rica ou pobre,
na plateia, em meio ao povo,
no circo vibra e descobre
um mundo deveras novo!
       Hermoclydes Siqueira Franco

(Jornal Radar, Apucarana, PR - coluna TROVAS, de Maria Thereza Cavalheiro, página 18, dezembro/2010)

Nenhum comentário: