sábado, 12 de março de 2011

ILUSÕES DE VIDA

ILUSÕES DE VIDA
                Francisco Otaviano
Quem passou pela vida em branca nuvem
E em plácido repouso adormeceu,
Quem não sentiu o frio da desgraça,
Quem passou pela vida e não sofreu,
Foi espectro de homem – não foi homem,
Só passou pela vida – não viveu.

Nenhum comentário: