domingo, 13 de março de 2011

SIMPLICIDADE

SIMPLICIDADE
                        Carlos Ribeiro Rocha
Convidado para ouvir
um talentoso e nobre expositor,
a fim de ser “persona grata”,
tive de usar o paletó
e uma cumprida gravata.

A tudo mesmo ouvi, desajeitado,
pois, melhor que a verborragia,
adoro a filosofia
da humildade.

Esta, minha gente, na verdade
é o envoltório
que oculta, às vezes, a sabedoria...

E o trovador assim brada,
num tom que por certo agrada:
            No Sertão, terra pacata,
            ouço coqui, curió,
            sem aperto de gravata,
            sem peso de paletó.

(Do livro MEDITAÇÕES, LIÇÕES, página 20)

Nenhum comentário: