sábado, 2 de abril de 2011

CAMINHOS

CAMINHOS
Miguel Eduardo Gonçalves

Entre cais de sombras
Vasto silêncio a noite
Quebra
Ilumina-se rumor
Breve inquietação
E longamente
Evocando a Lua
As folhas tremem
Misteriosas
Como Ela

(Do site www.prefacio.net)

2 comentários:

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Lendo agora, percebi que iniciei o último verso com minúscula, em desacordo com os demais! Vou corrigir, no Prefácio, se for possível, caro Filemon, faça-o, por gentileza, também aqui.
E, mais uma vez agradeço a exposição dos meus impulsos poéticos. Abs., Miguel-

Filemon F. Martins disse...

Caro Miguel, a correção já foi efetuada. É bom que se diga que a letra maiúscula ou minúscula não ofusca o brilho do poema. Abs. Filemon.