quarta-feira, 14 de setembro de 2011

MAIS TROVAS

MAIS TROVAS

POUCO IMPORTA A DESPEDIDA                   
QUASE NÃO ME FAZ SOFRER
POIS SEMPRE APÓS A PARTIDA
A VOLTA ME DÁ PRAZER.
         JOÃO BATISTA – CE.

MUTIRÃO, COISA DECENTE,
QUE DEVEMOS CULTIVAR,
É GENTE AJUDANDO GENTE
SEU CASEBRE LEVANTAR.
         ARLINDO NÓBREGA – SP.

MEUS VERSOS FALAM DE FLORES,
DE LUZES E MELODIAS,
POR ISSO É QUE EXISTEM CORES
EM TODA A MINHA POESIA.
         HUMBERTO DEL MAESTRO – ES.

DA INFÂNCIA ALEGRE E SADIA
GUARDO UMA ETERNA LEMBRANÇA.
MEU DEUS, OH! QUANTO QUERIA
SER NOVAMENTE CRIANÇA!
         JESSÉ NASCIMENTO – RJ.

(Jornal O RADAR, página 15)

Nenhum comentário: