segunda-feira, 14 de novembro de 2011

INSIGNIFICÂNCIA

Insignificância

Pedro Ornellas

Efêmera ilusão de um breve instante
perdido nos senões da eternidade...
Bruma que se desfaz, nuvem minguante
- eis da existência humana a realidade.

Toma consciência e vê, ser arrogante,
riqueza e glória vã - tudo é vaidade!
Nunca se julga mais que o semelhante
quem compreende e aceita essa verdade.

Cala teu ego se te faz gigante
que o fim te espera logo mais adiante
e tudo então será coisa esquecida.

Busca a Jeová, na curta permanência,
para alcançar, além dessa existência,
a vida eterna - a verdadeira vida!

(Via e-mail para o blog do Filemon) 

Nenhum comentário: