sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

NATAL

                       NATAL

                   ADALBERTO BOANERGES VIEIRA

PASTORES E REIS-MAGOS, NUMA UNIÃO,
DESPERTAM-SE NUMA HORA INSPIRADORA
E VÃO ATÉ BELÉM ENCANTADORA
PRA VER O REI DA PAZ E DO PERDÃO!

QUAL LÂMPADA ILUMINA A MANGEDOURA
UM NOVO ASTRO QUE SURGE NA AMPLIDÃO;
E CONTEMPLA, NO FILHO, A SALVAÇÃO
A VIRGEM-MÃE QUERIDA CISMADORA...

- Ó CÉUS! Ó TERRA! Ó PÉLAGO PROFUNDO!
POR QUE SE AGITA E ESTÁ TÃO CONVENCIDO
ESTE ISRAEL ESCRAVO E VAGABUNDO?

- É PORQUE O “BEBÊ”, RECÉM-NASCIDO,
JÁ DIFERE DAS CRIANÇAS DESTE MUNDO:
É O REI DO UNIVERSO PROMETIDO!

(Do livro POESIAS EVANGÉLICAS, RIO, 1956, PÁGINA 27)

Nenhum comentário: