quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

ESCADA DE TROVAS

ESCADA DE TROVAS – AMOR

Filemon F. Martins

SUBINDO:
Por que só me dizes não,
sabendo que és amada?
Há ternura na canção
de nossa noite estrelada.

Se nosso amor é profundo,
meu coração não duvida,
não quero ser vagamundo
nem leviano na vida.

E o que diz teu coração
quando te beijo, sorrindo?
Não sentes mais afeição?
- Por que viver só fugindo?

Não compreendo teu mundo
de insegurança e segredo.
Quase sempre me confundo
e às vezes, morro de medo.

NO TOPO:
Não compreendo teu mundo
e o que diz teu coração.
- Se nosso amor é profundo,
por que só me dizes não?

Nenhum comentário: