quinta-feira, 11 de outubro de 2012

TROVAS - ESCADA


TROVAS – ESCADA

 
Filemon F. Martins (CARONA COM JOSÉ OUVERNEY-SP)

 
“Tentando abrir a porteira”
que prende meus lindos sonhos,
ouço a saudade matreira
falando em dias risonhos.

“O esforço que o vento faz”
passando pelo telhado
dá-me a sensação de paz
que ficou lá no passado.

“Que eu chego a ouvir, da soleira,”
uma canção de ternura
que a brisa sopra, ligeira,
tangendo a doce ventura.

“No sertão é tanta paz”
que a vida para, intrigante,
e o coração é capaz
de sorrir, mesmo distante.

 
NO TOPO:

 
“NO SERTÃO É TANTA PAZ
QUE EU CHEGO A OUVIR, DA SOLEIRA,
O ESFORÇO QUE O VENTO FAZ
TENTANDO ABRIR A PORTEIRA.”

 

JOSÉ OUVERNEY-SP.

 
filemon.martins@hotmail.com
www.prefacio.net
Caixa Postal 64
11740-970- Itanhaém – SP.

 

Nenhum comentário: