terça-feira, 20 de novembro de 2012

TROVAS DO FILEMON


TROVAS

Filemon F. Martins

 

Brilha uma estrela... É Natal...

A noite é silente e calma,

e a alegria vem, afinal,

morar feliz em minha alma.

 

“É um prazer bem diferente”

que o meu coração conhece,

quando você, sorridente,

em meu caminho aparece.

 

Tenho certeza que a trova

- poema feito de amor,

é um sonho que se renova

na vida do Trovador.

 

Justiça, Paz e Igualdade,

o povo sente, afinal,

que esse amor à Liberdade

é próprio de Portugal.

 

Chega dezembro, Senhores,

e há tantas promessas novas,

que eu desejo aos Trovadores:

- boas festas – boas trovas!

Nenhum comentário: