terça-feira, 11 de dezembro de 2012

MEU NATAL


Meu Natal

Benjamin Moraes Filho

 

Jesus, meu bom Jesus,

Ó triunfante vencedor do mal!

Venho trazer-te o humílimo louvor

Todo feito de amor,

No teu Natal,

Senhor.

 

Teu leito pobrezinho,

Sem uma renda ou fita,

Resume, para mim, toda a infinita

Graça e carinho

Com que Deus quis tratar o pecador,

Meu Senhor!

 

O teu Natal, Jesus,

Tem, para mim, a esplêndida expressão

De um Natal todo feito de luz,

Que ressurge sempre no meu coração,

E se traduz

Num reflorir de meigas esperanças,

Num céu de anil, a prometer bonanças,

Em suavíssima e calma

Primavera de amor que nunca cessa!...

 

É o que sente minha alma,

Tão só pelo Natal de Cristo,

Em cumprimento de eternal promessa.

 

Do livro Meu Natal (1937)

(A POESIA DO NATAL-ANTOLOGIA-ORG. DE SAMMIS REACHERS-RJ)

Nenhum comentário: