quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

SÚPLICA DE NATAL


Súplica de Natal

Ivan Espíndola de Ávila

 

Jesus querido, menino meigo de Belém,

eu te invoco inquieto, nesta manhã de sol.

Eu te bendigo, neste dia diferente dos outros dias,

neste dia que é teu,

porque hoje é Natal...

Hoje é dia de festa, em muitos lugares,

dia de presente, de abraços e sorrisos,

dia de o homem ser feliz.

Mas Jesus, escuta, não é bem assim...

Há tanta gente soluçando, nos caminhos da vida.

Há mães chorando filhos, que o pecado tragou.

E o mundo é triste, Senhor, é muito triste.

Mundo de cárceres e de sombras,

onde se misturam inocentes e culpados,

esperando o amanhã, que demora tanto.

De corações cansados, Senhor, partem gemidos fundos,

em noites que não têm fim.

Olha, Jesus, para os pequeninos, nas cidades grandes,

dormindo entre jornais, debaixo dos viadutos.

Senhor, a juventude inquieta, procurando algo,

apodrece nas orgias da treva, detestando a luz.

Multidões já não sabem mais sorrir...

e... e hoje é Natal, Senhor, é Natal!

É por esses pobres e tristes que eu te suplico.

ó Menino de Belém!

Olha para as dores, e consola.

Olha para as saudades, e minora,

tem compaixão de quem te implora. 162

 

Escuta, Senhor, escuta!

E neste Natal de festas, vou sorrir...

E neste Natal de festas vou agradecer...

Porque o menino de Belém me ouviu,

eu vou cantar:

Viva o Natal!

Feliz Natal!

Hoje é Natal!

(A POESIA DO NATAL-ANTOLOGIA-ORG. SAMMIS REACHERS-RJ)

Nenhum comentário: