terça-feira, 15 de janeiro de 2013

METAFÍSICA


      METAFÍSICA

            Sávio Soares de Sousa

 

Em Destino eu não creio. Desconfio

que uma Suprema Inteligência Eterna,

criadora do mundo, é que governa

astros, homens, marés, águas de rio...

 

Às vezes, uma dúvida me inferna,

que procuro driblar, por desfastio:

- Move, de fato, amor, a Alma Paterna,

no trato com seus filhos, correntio?

 

Mas a dúvida esvai-se, inútil, quando

me recolho à penumbra do meu quarto,

humilde, ante os silêncios do Absoluto.

 

E me acalmo. E me curvo, sopesando

meus pensamentos fúteis, que eu descarto,

e os critérios de Deus, que eu não discuto.

 

(Coletânea Letras no Brasil, página 68)

Nenhum comentário: