sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

TROVAS

TROVAS DE MARILITA POZZOLI
 
Buscaste vinho e mulher
para alegrar teu caminho.
- Se algum mal te vier
aposto: não é do vinho.
 
Cão de rico tem carinho,
tem comida no horário.
- E vive sem assistência
o filho do proletário.
 
Nas minhas noites sem lua,
nas minhas manhãs sem sol
existe a TROVA que atua
criando um outro arrebol.
 
Cada promessa que fiz
com um beijo eu as selei,
mas vi que o santo era falso
por isso não as paguei.
 
(Do livro POÇAS DE LUA, Marilita Pozzoli)

Nenhum comentário: