segunda-feira, 10 de junho de 2013

VIDA E VERSOS

VIDA E VERSOS


Filemon F. Martins

Minha vida – jardim da desventura 
onde plantei Amor, Compreensão, 
tentei colher as flores da Ventura, 
porém, só encontrei desilusão. 

E no final desta colheita impura 
que me restou? Pergunto ao coração: 
- sonhos perdidos – flores da amargura 
que o meu sepulcro, um dia, cobrirão. 

Por isso, nestes versos mal rimados, 
escritos nos papéis amarelados, 
eu vivo amenizando a minha dor... 

Porquanto neles meu viver consiste, 
mesmo vivendo, infelizmente, triste, 
sem ninguém, solitário, sem amor!


www.filemon-martins.blogspot.com
filemon.martins.blog.uol.com.br
Caixa Postal 64

11740-970-Itanhaém - SP.

Nenhum comentário: