sexta-feira, 2 de agosto de 2013

RECONSTRUÇÃO DO AMOR

RECONSTRUÇÃO DO AMOR

JÔ TAUIL



Amor é para ser vivido
Contemplado
Por dois seres apaixonados
E deve ser estendido
Por mares e oceanos
Por nebulosas galáxias

Fortalecido por desejos
Jamais censurado
E sempre acalorado
Pelo mútuo fascínio
Da completude...

Sinais verdes à frente
Sementes a semear
Tanto fruto pra colher
Antes do anoitecer
Porque a vida é breve

Sepulto rascunhos
Ressuscito realidades
Nada de sobreviver
Preciso é viver
Redescobrir a flor
Respirar primavera

Fazer-me surdo
Aos adversários da felicidade
Que vivem a proclamar:
"Não vês que é tarde demais?"

Prefiro quebrar as asas do tempo
O momento é agora
Finco minha bandeira
No topo do monte
Porque descobri os tijolos
Para reconstruir o amor


(www.prefacio.net)





http://www.prefacio.net/img/laterais.gif 


Nenhum comentário: