quarta-feira, 14 de agosto de 2013

TROVAS DIVERSAS

TROVAS DIVERSAS


Poeta, a glória do dia
lhe seja bênção vibrante!
Busque em tudo a poesia
e faça o que sabe: cante!
Manuel Mª Ramirez de Anguita

Ficou tanta coisa ao léu,
mas a história hoje comprova
e, da beleza, o troféu,
entrega-se, agora, à trova.
Adélia Maria Woellner

Com garra de trovador,
 vou seguindo meus caminhos…
 Venturoso e com amor,
 num roseiral sem espinhos!
Apollo Taborda França

Quatro versos de beleza,
plenos de amor ou de humor,
com presteza e com destreza,
desenvolve um trovador.

Angela Andrade

Nenhum comentário: