sábado, 7 de setembro de 2013

REFUTAÇÕES (Eugenio de Freitas)

Refutações
Eugenio de Freitas

Só Deus conhece o que nossa alma sente.
Debalde esforças-te por encontrar
alguma explicação inteligente
da origem deste mundo singular.

Enganas-te ao supor que fatalmente
tua incerteza um dia há de cessar.
Não vês sequer, embora a tua frente,
o resplendor que ofusca teu olhar.

A Bíblia nos ilude? Não aceito,
de modo algum, a tese anticristã.
Quem poderá chegar a ser perfeito?

Não continues nesse penoso afã.
Não te palpita um coração no peito?
Ninguém descerra as portas do amanhã.


Nenhum comentário: