terça-feira, 10 de dezembro de 2013

NATAL (STELA CÂMARA DUBOIS)

NATAL
STELA CÂMARA DUBOIS

- Já não há mais lugar! – E o casal prosseguia,
De porta em porta assim, de agasalho à procura,
E desprezado fôra em meio da lonjura,
Da noite, pois fortuna e luxo não trazia.

Completa é a lotação nas almas hoje em dia,
O prazer se amontoa, e vícios e urdidura...
Quando Cristo um lugar lhes pede com doçura,
Apontam com escarninho a rude estrebaria.

- Já não há mais lugar! – E entanto, Jesus
Com paciência caminha, espadanando luz;
Ó dá-me, filho meu, ó dá-me o coração!

Na amplitude sidérea o celeste cortejo,
Como em Belém, outrora, exulta, benfazejo,
Quando uma alma perdida aceita a salvação!

(Coletânea O NATAL DE CRISTO, página 31)


Nenhum comentário: