segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

POESIA DE NATAL

POESIA DE NATAL
EDUARDO  MAYR


Chegou mais um Natal...
Natal de alegria luz amor.
Estrela cintilante
mãos dadas,
cadeia fraterna,
inspiração maior.

O pequenino na manjedoura,
crucificado,
crucificado todo dia
pelo que tem mãos e não dá a mão,
pelo que tem braços e não abraça,
pelo que provoca dor, angústia,
e não sara os ferimentos do próximo,
pelo hipócrita, pelo desgraçado,
que esconde seus defeitos,
obrando na iniquidade,
não praticando o bem que tem ensejo de fazer.

Que neste Ano Novo
possamos todos encontrar
a alegria da esperança,
a ventura da humildade,
a sinceridade da fé,
a fortaleza do amor,
a excelência do perdão,
a magnificência da Justiça!
Venturoso, feliz
maravilhoso  Natal!


Natal de 1981/82
(POEMA ENVIADO PELA DRª ALINE BARBOSA-RJ)



Nenhum comentário: