quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

TROVAS DE NATAL

TROVAS DE NATAL

Natal! Com fervor profundo,
minha prece ainda insiste:
- Senhor! Não haja no mundo
nenhuma criança triste!
        Carolina Ramos
Eu teço um canto a Maria
na doce noite em que ponho
nos sapatos da poesia
presentes feitos de sonho.
        Eno Theodoro Wanke
Ah, que bom se acontecesse,
numa escala universal,
que este Mundo se entendesse...
Todo dia era Natal!
        Nei Garcez
No Natal seja o presente
a luz que vem do Menino;
no Ano Novo toda a gente
tenha na paz seu destino.
        José Marins
Quando a estrela apareceu
sobre a pobre estrebaria,
um Menino adormeceu
no regaço de Maria.
        Janske Schlenker

(UBT DE CURITIBA-PR.)


Nenhum comentário: