domingo, 5 de janeiro de 2014

DESLUMBRAMENTO


DESLUMBRAMENTO                 

Filemon Martins


Não consigo entender porque te quero,
porque te venero, porque te adoro,
porque te amo!

Não consigo entender porque me fascinas,
se teu olhar ardente nunca me pertenceu.
Se tua voz suave nunca me falou de amor.
Se teu sorriso cativante jamais me procurou.
Se tuas mãos macias nunca me acariciaram.
Se teu corpo perfeito nunca me aqueceu.
Se teus lábios doces nunca me beijaram.

Não consigo entender porque esse encantamento
quando me falas, quando te encontro, quando te vejo...
Por que tanto fascínio exerces sobre mim?
Mas entendo que o amor
quando acontece na vida,
deve ser belo e forte,
e poderoso assim!

 


Caixa Postal 64

11740-970-Itanhaém-SP.



Nenhum comentário: