quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

MEU VERSO (AMILTON MACIEL MONTEIRO)


Meu Verso

Amilton Maciel Monteiro

 

Meu verso, ah! bem sei, não é perfeito

e está longe demais da exatidão,

contudo, e infelizmente, é desse jeito

que consegue acalmar meu coração...

 

Quisera que surgisse sem defeito,

não por vaidade tola e afetação,

mas apenas porque sei que ele é feito

só para alguém que estima a perfeição!

 

Mas, meu poema nasce quando quer,

do modo que ele quer, sem dar qualquer

aprazimento à minha mão que o escreve!

 

É o modo com que abranda esta agonia,

cada vez que em meu peito a dor se atreve

e ameaça explodir minha estesia...

 

SJC/01/09/2010

 

(AVBAP ACADEMIA)

 

 

 

Nenhum comentário: