quinta-feira, 13 de março de 2014

TROVAS DO FILEMON

TROVAS DO FILEMON

À noite, chega a saudade,
vem de longe essa danada,
vai ficando, sem alarde,
e mata sem dizer nada.

Quanto mais penso na vida,
neste mundo de festim,
sinto que a minha corrida
chega mais perto do fim.

Pela praia, andando a esmo
ouvindo o som da maré,
sinto crescer em mim mesmo
o poder que vem da fé.

Vejo o mar azul e calmo,
ouço o sussurro do vento
que passa cantando um salmo
às nuvens no firmamento.


(Do livro ANSEIOS DO CORAÇÃO) 

Nenhum comentário: