sexta-feira, 25 de abril de 2014

TROVAS DO FILEMON

TROVAS DO FILEMON

Não permitas que a amargura
domine teu coração.
Canta um salmo de ventura,
busca a Deus em oração.

De manhã a Natureza
desperta cheia de cores.
Um colibri  - que beleza,
vem beijar todas as flores.

Pondo amor nas minhas trovas,
meu peito fica a cantar.
É que as minhas boas novas
sem asas, querem voar.

Minha vontade tão louca,
era somente um enleio:
dar um beijo em tua boca
e adormecer em teu seio.


(POSTAL CLUBE-ANTOLOGIA 15, PÁGINA 48)

Nenhum comentário: