quinta-feira, 8 de maio de 2014

TRISTEZA, SOLIDÃO, SAUDADE... (MJZT)

TRISTEZA, SOLIDÃO, SAUDADE...
Maria José Zanini Tauil (MJZT-04/14)

Quando a tristeza
dá o ar de sua graça
fecho portas e janelas
mando depressa dizer
que me mudei...
que viajei...
moro bem longe
e que ficará cansada
se tentar me alcançar

Quando a solidão
devagar pensa em rondar
apresso-me em enganá-la
Canto...
Danço...
Dou risadas
Falo sozinha
só para mostrar
que ela, na minha vida
não tem lugar

Quando a saudade
se esparrama
nesse pobre coração
não me escondo
nem me engano
ofereço-lhe um trono
forrado de cetim
e peço humildemente
inesquecíveis lembranças
daquele mágico tempo
em que você gostava de mim


(www.prefacio.net)

Nenhum comentário: