terça-feira, 1 de julho de 2014

NÃO ME ESQUEÇO

NÃO ME ESQUEÇO...
Filemon F. Martins

Não me esqueço dos versos comoventes
que escrevi com perene inspiração,
quando vivi nos chapadões florentes
da minha terra em meio do Sertão.

Depois, parti. Sofri dores pungentes
numa luta sem fim de solidão.
Desolado, vivi dias ingentes
e se caí, jamais fiquei no chão.

Vejo, porém, que os meus cabelos brancos
são apenas troféu para consolo
de quem viveu aos trancos e barrancos...

Desafiei a vida, estou cansado,
só resta agora um pensamento tolo:
sou poeta, sou livre e aposentado.

Caixa Postal 64
11740-970-Itanhaém – SP.

filemon.martins@uol.com.br

Nenhum comentário: