domingo, 24 de agosto de 2014

ATO DE FÉ (Miguel Russowsky)

ATO DE FÉ
Miguel Russowsky (1923 – 2009)

Ó Deus! Eu vim falar contigo. Espero
que atendas este humilde servo teu.
Não quero muita coisa, apenas quero
voltar a crer. A minha fé morreu.

Dizem que és sábio e bom (não eu,
que em religiões estou no marco zero)
que castigas o mal com punho fero.
Dizem que és luz eterna no apogeu...

Entretanto, permite que eu duvide.
Se deixas a injustiça sem revide
e a fome prosperar como se vê...

Se deixas o demônio estar no mundo...
Se podes destruí-lo num segundo...

Me deste o raciocínio para quê?!

Nenhum comentário: