domingo, 28 de setembro de 2014

BENDITA SEJAS

BENDITA SEJAS
                    Filemon F. Martins
                   
                     Bendita sejas tu, musa divina
 porque vens inspirar este poeta,
 a tua voz suave me fascina
 e chega ao fim a minha dor secreta.

 Bendita sejas tu, que me ilumina
 e nos meus versos tua luz projeta
 além da fé, do amor que me domina
 trazendo inspiração à minha meta.

 Chegas tranquila, calma e de mansinho
 pondo flores em todo o meu caminho,
 vens perfumando o meu viver tristonho.

 Que seja sempre assim, poesia amada,
 amiga e companheira de jornada
 buscando a paz nas regiões do sonho!

(Do livro ANSEIOS DO CORAÇÃO, página 96)



Nenhum comentário: