domingo, 5 de outubro de 2014

ATRAVÉS DO OLHAR... (Analice F. de Lima)

ATRAVÉS DO OLHAR...
Analice Feitoza de Lima (In memoriam)

Embora nada digas para mim,
de longe, os teus intentes reconheço.
E a cada gesto teu, me entrego sim,
com tanto amor, que eu própria desconheço.

De estar contigo sempre estou a fim,
e ao ter o teu amor, de tudo esqueço.
Pois ao te dar o meu amor sem fim,
tenho de volta tudo o que ofereço.

E em cada gesto que em teu corpo leio,
acho a razão de todo o meu enleio.
Mesmo que não te expresses ao falar,

teu "rosto espelho da alma" refletindo,
as emoções que sempre estás sentindo,
enquanto te desvendas pelo olhar...


(Jornal LITERARTE, Arlindo Nóbrega, setembro/2014)

Nenhum comentário: