quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

NATAL (CÉLIO GRUNEWALD)

NATAL
Célio Grunewald (Juiz de Fora)

Surge o Natal e no bater do sino
nossa alma em festa em aleluia canta.
Nasceu Jesus, nasceu o Deus Menino
na solidão da manjedoura santa!

Surge o Natal! Há pelos céus um hino
cheio de amor que há todos nos encanta
e que bonito, esplêndido e divino,
nos brota, embevecido, da garganta!

Surge o Natal! Na comunhão dos povos
hão de surgir os horizontes novos
repletos de ternura, amor e luz.

Surge o Natal! Que paz existe agora.
Pois neste instante a gente comemora
o doce aniversário de Jesus!...


(I CONCURSO NORTE-FLUMINENSE DE SONETOS, PÁGINA 8)

Nenhum comentário: