segunda-feira, 16 de março de 2015

LEMBRANDO RUI

LEMBRANDO RUI
Filemon F. Martins 


Não me seduz o fausto da riqueza, 
nem o brilho da glória e do poder. 
Exemplos já são muitos da esperteza 
que alguns humanos imaginam ter. 

São nocivos à própria Natureza, 
a ganância é maior e dá prazer. 
Só o lucro interessa com certeza, 
o pobre que se dane em seu viver. 

Dizem que o Mundo está globalizado, 
pois tudo é permitido no mercado, 
foi-se a decência que o poeta sonha... 

A corrupção cada vez é mais danosa, 
tinha razão o grande Rui Barbosa: 
ser honesto é motivo de vergonha! 




Nenhum comentário: