quarta-feira, 22 de abril de 2015

SOL DA VIDA (PITA PAIVA)

SOL DA VIDA
Pita Paiva (Laranjeira de Uibaí – Bahia)

Chove
É fria noite de inverno
A cabeça, num velejar incerto
Navega sobre um livro

Não sei em qual dimensão
Encontro-me agora
Se nos pensamentos involuntários
Que me arrastam eu afora
Se nas revelações
Do lento passar das folhas
Ou se embriagado pela música
Desta interminável noite chuvosa

A única certeza é a janela
É que há janelas
E a vida com o sol por elas.


(DO LIVRO TUDO DÁ POESIA, PÁGINA 114)

Nenhum comentário: