quarta-feira, 8 de abril de 2015

TROVA DE VANDA FAGUNDES QUEIROZ

Trova de Vanda Fagundes Queiroz

Quando o mar não é tão brando,
sigo e jamais me torturo:
 – Deus comanda e vai levando
meu barco a um porto seguro.


(ALMANAQUE CHUVA DE VERSOS Nº 395)

Nenhum comentário: