sábado, 11 de abril de 2015

TROVAS DO LITERARTE-SP, EDITOR ARLINDO NÓBREGA

TROVAS DO LITERARTE-SP, Nº 361,
EDITOR ARLINDO NÓBREGA

Senhora dos olhos verdes
marcastes meus verdes anos,
por terdes sido e por serdes
razão dos meus desenganos.
Deusdedith Rocha

Teu olhar tão protetor
olhava o meu sem parar
parecia um cobertor
querendo me agasalhar.
Neide Azevedo

Se o Sol tem quinta grandeza
como vou classificar
a imensa luz, a beleza,
do brilho do teu olhar?
Zenaide Braga Marçal

Que a culpa toda me caiba
e seja, enfim, meu castigo,
que o mundo inteirinho saiba
que eu pequei, mas foi contigo.

Batista Soares

Nenhum comentário: