segunda-feira, 4 de maio de 2015

JUSTIFICATIVA (THÉO DRUMMOND)

JUSTIFICATIVA
THÉO DRUMMOND

Perdoa pelo amor que já te dei,
e sem explicação não te dei mais.
O fato é que me fui, não te esperei,
sei que isso foi terrível, foi demais.

Mas sou assim, e nunca mudarei.
Para trocar de amor eu sou capaz
de me esquecer de tudo o que ganhei,
na certeza de que isso tanto faz.

Talvez um dia eu vá me arrepender
por ser assim tão pouco preocupado
se vou fazer alguém chorar, sofrer.

É que sofri demais no meu passado:
um amor que me fez quase morrer

por me fazer sentir tão mal amado.

Nenhum comentário: