segunda-feira, 20 de julho de 2015

SEM NOME (ARACI BARRETO)

SEM NOME
ARACI BARRETO

O meu coração
pulsa forte com as dores da paixão.
O meu pensamento
amargura carregando este tormento.
Sigo nesta estrada
observando a vida
chega de saudade
sara esta ferida
Senhor!
Queria tanto!


(O JORNALZINHO Nº 214, PÁGINA 2)

Nenhum comentário: