domingo, 19 de julho de 2015

VERSOS SOLTOS (DULCE ANA DA SILVA FERNANDEZ)

VERSOS SOLTOS
DULCE ANA DA SILVA FERNANDEZ
TIETÊ/SP

Contornando pedras,
Rabiscando nuvens,
Olhando o sorriso das flores,
Juntando simples palavras,
Escrevo ao léu, ao vento,
Sem bússola, nem documento.

São palavras formando versos:
Soltos
    Tolos
Desesperados...
Às vezes voam livres, como pássaros
De asas abertas.
Vezes outras flutuam, velejam tristes
Num mar de lágrimas.
Caminham ciganos, curiosos,
Andarilhos, hippies,
Desvendando veredas,
Contando vivências,
Cantando desnudas proezas.

São simples versos:
Falando das vidas
Dizendo das mortes...


(AGENDA – DIAS DE POESIA – 2003/2004)

Nenhum comentário: