quinta-feira, 27 de agosto de 2015

ILUSÕES DA VIDA (FRANCISCO OTAVIANO)

ILUSÕES DA VIDA
FRANCISCO OTAVIANO
(1825/1889)

Quem passou pela vida em branca nuvem
E em plácido repouso adormeceu...
Quem não sentiu o frio da desgraça,
Quem passou pela vida e não sofreu,
Foi espectro de homem, não foi homem.
Só passou pela vida, não viveu.


Nenhum comentário: