quinta-feira, 6 de agosto de 2015

TROVAS DE VANDA F. QUEIROZ

TROVAS DE VANDA FAGUNDES QUEIROZ

Eu sempre lutei sentindo,
nesta arena em que se vive,
a mão de Deus dirigindo,
cada conquista que eu tive!

Maior prêmio, no decurso
da vida de um trovador,
bem mais que ganhar concurso
é erguer o troféu do amor!

Há enlevo nos olhos meus,
vendo este ocaso de agosto,
enquanto o pincel de Deus
doira a tela do sol posto.

Por mais que o progresso iluda,
deturpe e inverta valor,
o que Deus fez ninguém muda:
amor será sempre Amor.

(Do livro MOTIVOS E MATIZES. A poetisa foi focalizada em meu livro FAGULHAS, páginas 147/151)


Nenhum comentário: