sábado, 3 de outubro de 2015

EVANGELHO

EVANGELHO
Filemon F. Martins

Amo tudo que existe de sublime
no Universo de Deus, o Criador,
cujo poder a Natureza exprime
quando surge a alvorada multicor.

Amo de Cristo o sangue que redime
e a rude cruz, o símbolo da dor,
onde deponho a mágoa que me oprime
em troca do Perdão, consolador...

Então, eu sinto paz, sinto alegria
do Evangelho do Filho de Maria
que me traz eviterna inspiração;

e quando sou, no mundo, desprezado,
como outrora foi Jó abandonado,
Ele vem consolar-me o coração.


Nenhum comentário: