domingo, 8 de novembro de 2015

TROVAS DO FILEMON

TROVAS DO FILEMON

Céu azul, todo estrelado,
sorrindo, ao clarão da lua,
e o meu peito, apaixonado,
a chorar a ausência tua.

Ciúme é cuidado e zelo
que temos do nosso bem,
pois não queremos perdê-lo
para os olhos de outro alguém.

Como é bom viver à toa
e sempre fazer o bem,
que a Natureza abençoa
quem vive em Itanhaém.

Criança és flor, és bonança
espargindo luz e amor,
porque trazes a esperança
de um futuro promissor.

(FONTE CHUVA DE VERSOS Nº 328/JOSÉ FELDMAN)



Nenhum comentário: