segunda-feira, 16 de novembro de 2015

TROVAS DO FILEMON

TROVAS DO FILEMON

No mundo do desamor
ao poeta, nada importa,
se na saudade e na dor
a inspiração o conforta.

“É um prazer bem diferente”
que sinto nos braços teus,
quando sorris, docemente,
dando vida aos sonhos meus.

Nenhum poema é mais belo
e inspira tanta esperança,
do que um sorriso singelo
no rosto de uma criança.

Quando a dor invade o peito,
castigando o coração;
amigo é aquele sujeito
que vem nos dar sua mão.

filemon.martins@hotmail.com


Nenhum comentário: