sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

POUSADA PARA JESUS (ELIÚDE MARQUES)

Pousada para Jesus
Eliúde Marques


José, Maria, o presente,
e o Futuro pra chegar,
o sol se vai de repente
vindo a noite os encontrar.

A procura é incessante
em busca de uma estalagem,
aonde repousem os viajantes
da enfadonha viagem.

Os albergues estão cheios
e os mais humildes recantos,
de tantos povos alheios
que ali nasceria um Santo.

Não há lugar - diz José,
(cuja voz não se traduz)
aonde, pois, há de nascer
o nosso filho Jesus?

Mas a lembrança lhes chega... 
Já foi dito em profecia
que Ele havia de nascer
numa humilde estrebaria...

Que Jesus da manjedoura
que nasceu sem ter pousada,
possa no teu coração
encontrar feliz morada.


Do livro Luzes do Arrebol (1998)
(A POESIA DO NATAL, ORG. DE SAMMIS REACHERS)


Nenhum comentário: