terça-feira, 29 de dezembro de 2015

TROVAS (MARIA THEREZA CAVALHEIRO)

TROVAS PARA REFLETIR
MARIA THEREZA CAVALHEIRO

Vê como o sol no horizonte
desce aos poucos, devagar...
Não vás tão depressa à fonte
que o jarro podes quebrar...

Não tomes uma atitude
na hora do nervosismo!
Paciência é a maior virtude
se estás à beira do abismo...

Quando é um bem que muito custa,
ao chegar, traz ansiedade:
na vida, a gente se assusta
até com a felicidade!

Não é porque alguém nos trai
que a sorte é madrasta e feia.
O mar também se retrai
e volta a dançar na areia!


(TROVAS PARA REFLETIR, PÁGINA 50)

Nenhum comentário: