quarta-feira, 18 de maio de 2016

DIALOGANDO COM DEUS (ODIR MILANEZ)

Acabei de ler este belo soneto produzido pelo poeta Odir Milanez, que compartilho com vocês:


DIALOGANDO COM DEUS
ODIR MILANEZ

Talvez a Vós até pareça leve,
mas é pesada, ó Pai, a minha cruz!
- Quem ao peso que dei clamar se atreve,
se o mesmo peso eu dei para Jesus?

Sou um pobre poeta, que Te escreve
em meio à escuridão, temendo a luz!
Mas ao poeta o pranto não prescreve,
o sofrimento é a seiva que o seduz.

Ele não louva o próprio isolamento,
não procura da vida o adverso
para fazer do verso o seu lamento?

Mas o amor, meu Pai, me foi perverso!
Roubou-me a paz, a alma, o pensamento,

e nunca mais eu pude avir ao verso!

Nenhum comentário: